Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘greve’

Faixa na manifestação: sintomática

A disputa de forças entre o GDF e o Sindicato dos Professores vem se intensificando nos últimos dias. Na mídia, o Correio Braziliense toma partido do governo, produzindo matérias claramente tendenciosas, como essa. Aliás, é curioso constatar como que, em toda greve de servidores, os jornais e a mídia local ficam claramente a favor do governo e contra os grevistas. Os motivos são óbvios. E isto não é exclusividade de Brasília: seja aqui, em Belo Horizonte ou no Espírito Santo, o quadro é sempre o mesmo.

O motivo principal da contenda é a o alto salário médio dos professores de Brasília, beirando os R$ 5 mil reais, o grande aumento que obtiveram nos últimos anos, superando 20% e a queda na arrecadação do GDF em função da crise mundial, que representou perdas de mais de R$ 500 milhões em repasse. O problema é que o compromisso de reajuste tinha sido assumido pelo governo por lei, no final do ano passado.

E há muitas outras questões peculiares à greve que somente os professores sabem bem: plano de carreira, benefícios, etc. A luta da categoria é comum a todos os estados. Não é de hoje que professores são obrigados a se mobilizar em greves por melhor remuneração e condições de trabalho.

O GDF tem jogado pesado, colocando comunicados na TV e na capa de jornais, fazendo “apelo” aos professores pelo fim da greve e tentando atingir a população a seu favor. O Sinpro tem revidado como pode. No primeiro dia de greve, ontem, 60% das escolas foram atingidas.

Não há previsão de solução num futuro breve. E análises superficiais (e apaixonadas) não cabem ao caso. Confira mais informações sobre a greve no Delicious.

Anúncios

Read Full Post »